Web museum by Project: Sobre este site e blog (About this website and blog)

A Internet democratizou e ampliou a difusão do conhecimento artístico internacional, antes restrito àqueles que pudessem arcar com viagens e visitas aos melhores museus, bem como com caríssimos livros de arte. O grande temor de Walter Benjamin, de que a obra de arte perderia o seu poder de fascínio na era da reprodutibilidade técnica, não se concretizou no século passado, tampouco com a expansão da World Wide Web (WWW).

Ao contrário, na arte o virtual potencializa o real. Os websites sobre o tema estimulam e instrumentalizam o contato presencial com a obra de arte, ainda mais valorizada pelo conhecimento prévio e pela expectativa.

Assistimos, contudo, não somente à uma ampliação de acesso às reproduções virtuais das obras, mas também à uma demanda do público por interação e colaboração no processo de apreciação e de construção desse conhecimento. O virtual, portanto, alterou drasticamente a nossa relação com o universo artístico. Não mais assistimos passivos à “conversa entre iniciados”, mas podemos também oferecer o nosso olhar e a nossa contribuição.

Unindo, portanto, esses novos paradigmas, pensamos o projeto “Web museum by”. Na disciplina optativa “Web Design para Museus com CMS”, do curso de Museologia da Escola de Ciência de Informação da UFMG, os alunos aprendem os fundamentos do desenvolvimento de webmuseus em WordPress. Podem, portanto, como proposta de projeto final, criar o seu próprio “Web museum by”, a partir de coleções gratuitas disponibilizadas por museus e bancos de imagens livres.

Em tempos de embates acalorados nas redes sociais, este projeto objetiva ser um convite à construção de uma agenda positiva. Seus participantes procurarão apresentar a arte que gostam, não o contrário.

Estruturando o design e o recorte conceitual de seu webmuseu particular, o estudante compartilha com o mundo a sua visão curatorial e sua história com aquele acervo. Apropria-se da arte para expressar suas próprias vivências, valores, estéticas e afetos.

Inaugurando o projeto, nasceu este “Web museum by Ana Cecília Rocha Veiga”, como exemplo didático de web design elaborado em WordPress.com, mas também com o desejo de apresentar aos visitantes virtuais um pouco das artes que habitam o meu imaginário e minhas preferências.

Se a galeria de exposições é como um museu universal, que lança braços viageiros a todos os continentes, o blog concentra-se nas coisas da terra brasilis, nos sabores locais, em meu lugar geográfico de fala. Porque se o virtual não destruiu (e nem destruirá) o local, a alma cosmopolita também encontra, vez ou outra, o caminho que a leva de volta às suas próprias raízes.

Web Museum By Project: About this website and blog

The Internet democratized and broadened the diffusion of international artistic knowledge, previously restricted to those who could afford travel and visits to the best museums, as well as expensive art books. Walter Benjamin’s great fear that the work of art would lose its power of fascination in the era of technical reproducibility did not materialize in the last century, nor did the expansion of the World Wide Web (WWW).

On the contrary, the virtual potentiates the real. The museum website stimulates the face-to-face contact with the work of art, which is valued even more by previous knowledge and expectation.

We have seen, however, not only an increase in access to virtual reproductions of art works, but also a demand from the public for interaction and collaboration in the process of appreciation and construction of this knowledge. The virtual, therefore, has drastically altered our relationship with the artistic universe. We no longer passively watch the “conversation between experts” but we can also offer our contribution.

Uniting these new paradigms, we thought up the “Web museum by” project. In the optional course “Web Design for Museums with CMS” (Museum Studies Course at the UFMG University), students learn the fundamentals of web museum development on WordPress. They can therefore, as a final project proposal, create their own “Web museum by”, from free collections made available by museums and banks of free images.

In times of heated discussion on social networks, this project aims to be an invitation to build a positive agenda. The participants will try to present the art they like, not the other way around.

Structuring the design and curatorship of their particular web museum, the student shares with the world their vision and their story with that collection, expressing their own experiences, values, aesthetics and affections.

Launching the project, this “Web Museum by Ana Cecília Rocha Veiga” was born, as a didactic example of web design elaborated on WordPress.com, but also with the desire to present to the virtual visitors a little of the arts that inhabit my imagination and my preferences.

If the exhibition gallery is like a universal museum, that launches traveling arms to all the continents, the blog focuses on the Brazilian things, the local flavors, my geographical place of speech. Because if the virtual has not destroyed the local (and it will never do), the cosmopolitan soul also finds, at one time or another, the path that takes it back to its own roots.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s